[ editar artigo]

Você, uma empreendedora de sucesso

Por Renata de Faria Cota

A mulher tem uma série de atribuições voltadas a ela quando o assunto é crise. Crise na adolescência, aquela dos sete anos do casamento, crise dos 30, crise existencial aos 40, crise da meia idade e nesse cenário naturalmente feminino de crises, como essa mulher tem reagido à crise econômica que assola o país? Digo melhor, Reagido e agido.  Porque mulher não reage apenas, age,  faz as coisas acontecerem, mudarem. Nem precisamos falar do poder transformador e realizador desses seres belos pela própria natureza.

Empreender foi e tem sido uma saída de muitas mulheres para ampliar os rendimentos mensais e desviar das adversidades econômicas, entre elas a crise - que é uma excelente oportunidade para ganhar dinheiro.

Um dos grandes obstáculos que as mulheres enfrentam quando falamos de dinheiro é a concessão de crédito para o seu negócio, visto que a mulher tem atribuído a ela um perfil cauteloso, o que pode ser entendido pelas instituições financeiras como insegurança para investir. A cautela de uma mulher que empreende pode (infelizmente) ser mal vista pelas instituições financeiras, mas a cautela das mulheres investidoras é bem vista no mercado financeiro. Quem tem mais cautela, pensa mais, planeja melhor e cria uma estratégia sólida para realizar seus investimentos com sucesso.

Fonte da Imagem: Estúdio Trevisart

BOLSA: O ACESSÓRIO QUE NÃO PODE FALTAR EM TEMPOS DE CRISE

Mulheres adoram bolsas e a última tendência para as empreendedoras e futuras investidoras é um modelo que tem conquistado cada vez mais adeptas: a Bolsa de valores.  O perfil um pouco mais conservador da mulher não atrapalha em nada seu desempenho nas operações do mercado financeiro.

A bolsa de valores está barata e diversas empresas estão com um valor menor que o patrimonial e esse é o momento de ganhar dinheiro e fazer da crise uma oportunidade e tanto. No ano de 2002 o cenário econômico dava indícios de tempos difíceis para o país, com o chamado “Risco Lula”, o racionamento de energia e outros fatores. Nesse mesmo cenário, diversos investidores tiveram um lucro extraordinário. Agora em 2015 não é diferente, a oportunidade é a mesma, basta aprender a investir na Bolsa.

Quem investiu R$10.000 nas ações das Lojas Americanas no ano 2000, atualmente tem em torno de R$2 milhões. Esse mesmo valor se tivesse sido aplicado na Renda Fixa teria um rendimento de apenas R$40.000.

Já quem busca maior segurança de investimento deve optar, por exemplo, pelo LFT- um título público que proporciona liquidez diária, ou seja, você pode resgatar o capital investido a qualquer momento, com melhor garantia de rentabilidade. Outro benefício do LFT é ter sua rentabilidade atrelada à taxa SELIC. Assim, a alta taxa de juros pode gerar bons lucros. Para quem tem um perfil menos conservador pode realizar seus investimentos tanto em ações, quanto no Mercado Futuro através de day-trade e curto prazo.

A Bolsa de Valores não é um bicho de sete cabeças, desde que você tenha bons profissionais que te ajudem a construir uma boa estratégia. E vale lembrar que você não é responsável pela crise mas é responsável pelo seu sucesso. Não há receita certa, o principal é ir à luta e isso não é e nunca foi problema para essa mulherada que sabe fazer, quando sabe o que quer.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler conteúdo completo
Indicados para você