[ editar artigo]

Sinergia e delegação, boas palavras para empreender.

Mulheres são sinérgicas, fato! Quantas mulheres você conhece que abraçam causas, apoiam amigas, seguram barras e ainda sorriem no final do dia? Muitas, não é mesmo? Mulheres são centralizadoras, fato! Quantas de nós delegam pouco, muito pouco, e no final do dia estão exaustas? Muitas, não é mesmo?

Fonte da imagem: Empreendedorismo Rosa

Se você concordou, silenciosamente concordou, aceite que para ter novos resultados é preciso mudar.

Empreender envolve sinergia e delegação. E aprender a ser sinérgica ou integradora é uma grande habilidade a desenvolver para empreender. Delegar também envolve confiar em outras pessoas, aceitar o que é bom no outro e aprender com isso.

A excelência nasce da percepção pelo cliente da sinergia entre 8 grandes habilidades de trabalho (TMP®). Como seres humanos temos 3 ou 4 mais fortes, mais espontâneas e desenvolvidas, sendo assim, buscar sinergia para complementar suas habilidades e atuar de forma equilibrada é essencial. A sinergia só funciona se for verdadeira, se você conscientemente aceitar que não dá para abraçar o mundo, e permitir que o mundo te abrace.  Como assim?  Permitir que o seu negócio impacte de tal forma a vida de outra pessoa que ela queira fazer parte dessa história também, e tenha espaço, liberdade para estar ali construindo junto. Observar o outro com um interesse puro e espontâneo é um grande exercício. Comece, pratique, você ficará encantada com a beleza das diversas habilidades humanas.

Delegar é uma tarefa árdua, exige revisitar suas crenças sobre como aceitar a ajuda do outro, aceitar o que é diferente, percebendo tudo de forma generosa com a vida, com você.

Na prática para entender melhor que tipo de atividades você prefere fazer e faz com amor, indico uma matriz simples de “faço e gosto”.

Faço e gosto (importante demais saber e cavar oportunidades para continuar fazendo mais), faço e não gosto (delegar ou complementar em sociedade), não faço e gosto (entender os motivos de ter parado, é possível voltar a fazer?), não faço e não gosto (o objetivo é deixar esse quadrante vazio, entender o que são, quem pode fazê-las com amor, e manter essas coisas longe de você).

Respire fundo e comece, a melhor maneira de aprender é pela experiência prática. Faça e construa resultados. Boas conquistas!

Dani Salles é formada em Tecnologia em Processamento de Dados e pós-graduada em Gestão em Serviços, atua como coaching para mães e é  parceira de entidades de empreendedorismo materno desde 2010, criou o blog: www.coachdanisalles.blogspot.com.br. É mãe do Felipe (3 anos) e da Maria Luiza (1 ano) e a sua vida ficou muito mais colorida com eles.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler conteúdo completo
Indicados para você