[ editar artigo]

Responsabilidade Social na Saúde - Parte 1

Ultimamente muito se fala em responsabilidade social, responsabilidade ambiental, sustentabilidade, ações para salvar o planeta... Mas será que sabemos o significado de tudo isso? Será que a classe odontológica e médica sabe o verdadeiro significado de ser “socialmente responsável”?

Fonte da imagem: Reprodução

Responsabilidade social não é apenas adotar um sorriso ou trabalhar uma única vez em algum projeto social e ficar tentando colher frutos dessas ações para o resto da vida.

Será que são ações feitas de coração ou movidas pelo simples fato de poder falar depois para os clientes? É preciso muita atenção e respeito às pessoas. Elas sabem quem realmente faz algo sério. Hoje em dia os consumidores estão constantemente conectados com tudo. Vivemos na era da informação: Internet, jornais, revistas, TV, etc. As pessoas buscam saber sobre tudo e todos constantemente, é a geração Google.

Não basta falar que é socialmente responsável, é preciso mostrar!

A responsabilidade social vai muito além de uma ação de caridade, de uma doação ou algo do tipo. Ser socialmente responsável é antes de tudo ser ético com todos os envolvidos no contexto dos serviços, levando-se em conta os colaboradores, clientes, sociedade e o meio-ambiente.

Definição de responsabilidade social empresarial do Instituto Ethos:

Responsabilidade social empresarial é a forma de gestão que se define pela relação ética e transparente da empresa com todos os públicos com os quais ela se relaciona e pelo estabelecimento de metas empresariais compatíveis com o desenvolvimento sustentável da sociedade, preservando recursos ambientais e culturais para as gerações futuras, respeitando a diversidade e promovendo a redução das desigualdades sociais.

Ética

A ética é a base da responsabilidade social, expressa nos princípios e valores adotados pela clínica. Não há responsabilidade social sem ética. Não adianta uma clínica pagar mal seus funcionários e, ao mesmo tempo, desenvolver programas voltados a entidades sociais da comunidade. Essa postura não condiz com uma clínica que quer trilhar um caminho de responsabilidade social. É importante haver coerência entre ação e discurso.

Filantropia

A filantropia é apenas uma ação social externa das clínicas, onde se pode beneficiar a comunidade em suas diversas formas: conselhos comunitários, organizações não-governamentais e associações comunitárias. A responsabilidade social é focada na cadeia de negócios da clínica e engloba preocupações com um público maior (acionistas, funcionários, prestadores de serviço, fornecedores, consumidores, comunidade, governo e meio ambiente), cuja demanda e necessidade, a clínica deve buscar entender e incorporar aos negócios. Assim, a responsabilidade social trata diretamente dos negócios da empresa e de como ela os conduz.

Em outro post falarei sbre a responsabilidade com seus clientes, fornecedores, funcionários, comunidade, governo e meio ambiente. Aguarde!

Um sorriso rosa para você!

Nísia Teles é empreendedora, sócia-fundadora e diretora de marketing da Markentista Consultoria e do Empreendedorismo Rosa.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler conteúdo completo
Indicados para você