[ editar artigo]

O papel do franqueado no desenvolvimento da rede de franquias

A regra geral é o franqueado operar a franquia seguindo todas as orientações da franqueadora, o que é natural, visto que, quanto maior a convergência entre determinações da franqueadora e ações do fraqueado maior será o sucesso da rede.

Fonte da imagem: Reprodução

Essa regra não precisa, nem deve inibir novas ideias e pontos de vista do franqueado sobre o negócio, ao contrário, a crítica pode ser muito positiva se bem conversada e administrada pelas partes. É de suma importância que os franqueados entendam esse seu papel no desenvolvimento e aprimoramento do negócio.

Um exemplo clássico e muito conhecido de como a ousadia de um franqueado pode trazer contribuições importantes a ponto de mudar o rumo e a proporção do negócio, é o caso do franqueado Jim Dellegatti, da rede McDonald’s, que em 1967 foi autorizado pela marca a comercializar o Big Mac na Pensilvânia, lanche inventado por ele dois anos antes. Um ano após o lançamento do Big Mac, o mesmo foi incorporado a toda a rede onde, até hoje, continua sendo o único lanche presente em todas as lojas do mundo.

Sou uma grande incentivadora de novas ideias e questionamentos por parte dos franqueados, e acredito que toda franqueadora que possua um canal de discussão sobre o assunto com seus franqueados tem muito a ganhar.

O que o franqueado não pode esquecer é que nem sempre uma necessidade sua representa uma necessidade da rede, ou que uma sugestão de mudança nem sempre será viável para a franqueadora que já possui um planejamento sobre o negócio. Por isso, é muito importante o conhecimento profundo dos objetivos de ambas as partes para que não haja desgastes no lugar de crescimento, nem frustração de expectativas. Conheça bem o plano de expansão da franqueadora antes mesmo de comprar a franquia, só assim quando você identificar oportunidades de crescimento, você conseguirá avaliar se essa oportunidade se aplica ao planejamento da franqueadora ou se pode estar surgindo aí uma oportunidade de crescimento para o seu próprio empreendimento.

Thamires Freitas é Bacharel em Ciências Contábeis, ex-auditora contábil de uma multinacional, proprietária e administradora da empresa STOT do Brasil, detém uma franquia da Multicanalidade ligada a holding SMZTO Participações. Conselheira do Conselho da Mulher Executiva – CME e do Conselho de Jovens Empresários – CJE da Associação Comercial do Paraná – ACP. Sócia fundadora do Interact Clube Cachoeirinha – RS - grupo de jovens ligado ao Rotary Clube, atuou por 3 anos sendo presidente na gestão 2008/2009.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler conteúdo completo
Indicados para você