[ editar artigo]

Mulheres, façam a sua parte!

A Brazil Innovators vem provendo oportunidades para empreendedores de alto potencial nos últimos anos. Muitos fundadores de startups que apoiamos são referências no mercado brasileiro. O Marco Fisbhen do Descomplica e o Igor Santiago do  I-System, por exemplo, ambos são fundadores “fellows” da Brazil Innovators. Ambas empresas compõem em seu quadro de investidores empresários de sucesso incluindo fundadores da Natura, Itaú-Unibanco e Paypal.

Sim é verdade! A plataforma da Brazil Innovators tem gerado excelente resultados! Porém, existe ainda o desafio da proporção homens e mulheres neste ambiente de startups. Este desequilíbrio não acontece  só no Brasil: em recente artigo publicado no Estadão pudemos ver que o mercado de trabalho americano tem tido dificuldades de manter funcionários mulheres em cargos de liderança, com raras excessões.

Imagem: Google

Para mudarmos essa situação e promovermos mais o “empreendedorismo rosa”, eu como fundadora do Brazil Innovators e investidora da 500Startups:

- palestrei e dei mentorias para mulheres em eventos desenvolvidos pelo Banco Inter-Americano de desenvolvimento, weXchange.
- participo anualmente do evento Dell Women Entrepreneur Network.
- pela 500 Startups, fundo que já investiu em mais de 100 startups criadas por mulheres, acabamos de lançar um programa chamado 500 Women Syndicate. https://angel.co/500-women, para aumentar o capital investido em mulheres
-- E mais importante: lançamos o BRNewTech - mulheres empreendedoras.

Na edição de hoje, 18.02, vamos bater um papo com duas empreendedoras que fizeram saída: Tahiana D’Egmont e Andiara Petterle. O bate pato, networking acontece hoje a noite: www.meetup.com/brnewtech

Oportunidades existem e as boas ideias costumam ser valorizadas, agora resta as mulheres mostrarem seu valor e juntas atigirem o equilíbrio na liderança do mercado.

Avante e junte-se à mim!

Bedy Yang

 

Bedy Yang: é brasileira , filha de chineses e foi para os Estados Unidos, no início dos anos 2000, estudar o acelerado crescimento da economia da China. Lá, percebeu que o mercado brasileiro começava a oferecer grandes oportunidades para quem quisesse se arriscar no segmento da inovação tecnológica. Ela passou a atuar como uma intermediadora entre investidores americanos e empreendedores brasileiros. Além de fazer parte do grupo de investidores da 500 Startups, fundo americano que aplica entre 10.000 e 250.000 dólares em empresas em estágio inicial, a brasileira criou uma plataforma on-line colaborativa, a Brazil Innovators, por meio da qual encontra parceiros em potencial: dez novos negócios já foram garimpados ali. Seus gestores são levados para uma imersão no Vale do Sílicio, em um programa chamado Brazil Innovators Fellows.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler conteúdo completo
Indicados para você