[ editar artigo]

Invenções

Por Ana Carmen Nogueira

Qual a diferença entre inventar e mentir? Perguntou Pedro Cezar a Manoel de Barros em seu curta “Só dez por cento é mentira” (2008). Para o poeta Manoel de Barros mentira é algo que você diz que fez, mas que realmente não fez. Já invenção é algo que serve para aumentar o mundo.

Fonte de Imagem: Ana Carmen Nogueira Ateliê de Artes

Não é lindo pensar nisso? Quando estamos inventando, estamos aumentando o mundo, oferecendo novas possibilidades. Quando inventamos tomamos posse do objeto inventado. O que é isso? Pergunta assustado o observador. É um mundo que acabei de inventar. Responde o arteiro sorrindo. Então é isso. A invenção vem carregada de imaginação criadora, liberdade e também uma grande responsabilidade por aquilo que se cria. É algo que sai de dentro de nós, de nossos pensamentos, sonhos e emoções. Libertadora e assustadora.

Eu fiz isso? Fiz com minhas próprias mãos, com meus próprios pensamentos, com minhas ideias simples? Fiz nascer uma poesia, uma música, uma cor, um sonho, um sussurro. Pulei o muro e surgiu um mundo novo. Sai da caverna e deixei de olhar o mundo de sombras para um mundo de possibilidades.

Então, fico aqui em meu ateliê pensando em como apresentar as coisas que invento e que gostaria que outros viessem inventar comigo. Outro dia, vi o sol nascer nos olhos de Zaíra. Ela é dentista, diz que não sabe desenhar e que não tem habilidade para criar. Zaira frequenta o meu ateliê e em uma de nossas explorações, ao encher a folha de papel com bolinhas foi inventando novos espaços, criando desenhos incríveis. Ela inventava espaços e aumentava seu mundo e ao verificar o que havia feito seu olhar se iluminou. Poetizou.

Como estou empreendendo algo, me vejo aqui refletindo sobre um plano de negócio do ateliê, pois é nisso que trabalho todos os dias. Resolvi tentar responder às perguntas que se faz para montar um belo plano. Por que isso? Primeiro, porque acredito na arte como fonte poderosa de transformação e conhecimento do mundo. Segundo, porque estou inventando algo para ajudar a aumentar o mundo de outras pessoas e o meu também. Adoro o trabalho de transformar, de “transver” o mundo junto com outras pessoas. Ao aumentar o nosso mundo conseguimos nos conhecer melhor e criamos novas soluções para problemas que encontramos e muitas vezes criamos novos problemas ou desafios

O que estou vendendo? Possibilidades de invenção de mundo. Inventar algo é um desafio às possibilidades. Desafio ao uso de materiais, formas, espaço e pensamentos.

Quem vai comprar? Todos aqueles que querem reinventar o mundo. Como sua ideia irá ajudar as pessoas. Acredito que as pessoas, ao perceberem que são capazes de um novo olhar, podem oferecer novos significados sobre as coisas e assim descobrir mundos que estavam invisíveis. A descoberta de novos mundos internos e externos nos humaniza. Descobrir sua própria fonte é primordial para inventar algo que ainda ninguém viu.

Para que serve esse mergulho dentro do ateliê de artes? Serve para dar encantamento à vida. Vamos inventar?

"O olho vê,

a lembrança revê,

e a imaginação transvê.

É preciso transver o mundo." Manoel de Barros

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler conteúdo completo
Indicados para você