[ editar artigo]

Fiz 40. E agora, será que posso empreender?

Por Viviane Aroldi

“Se a vida começa aos 40, por que nascemos com tanta antecedência?” Mafalda.

Quando eu era criança, acreditava que ao fazer quarenta anos eu seria uma mulher madura, cheia de certezas e muita sabedoria. É verdade que aprendi muito até aqui e que vivi diversos momentos especiais, mas a realidade é que a frase “só sei que nada sei” nunca havia feito tanto sentido para mim como agora.

Sem dúvida sou uma pessoa de sorte. Mas estou buscando reconhecer minhas limitações, valorizar minhas qualidades, me libertar das frustrações e, principalmente, descobrir novos caminhos.

 

Fonte da Imagem: Estúdio Trevisart

Ouvi recentemente uma metáfora que talvez ilustre bem o que estou querendo dizer: para que não fuja do circo, o filhote de elefante, mesmo que não represente grande perigo, é amarrado a um pequeno tronco de árvore com uma corda. Aos poucos vai crescendo e se torna um animal enorme com muita força. Porém, continua preso ao mesmo tronco e com a mesma corda. E por alguma razão não tenta sair dali, porque não sabe o poder que possui.

Os hábitos nos limitam, e nos fazem parecidos com este elefantinho. É preciso que tenhamos sonhos além do “circo”, e força para arrebentar a “corda” e o “tronco da árvore”. Mas para isso temos que nos questionar se realmente queremos mudar algo em nossas vidas. E esta vontade, para mim, está aparecendo aos 40. Fase de transformações, mudanças e muitos questionamentos.

Mas também é um momento de profunda gratidão por tudo que passou, pelas experiências vividas, pelas estradas percorridas, e principalmente pelas pessoas que conheci. As mais importantes estão comigo todos os dias. Em primeiro lugar, meus pais, que sempre estiveram ao meu lado me mostrando a direção a seguir. Minha irmã, com quem tanto aprendo até hoje. Meu marido, que acumula a função de melhor amigo. E meus dois filhos, que são verdadeiros anjos. Sem palavras para descrever uma família com tanto amor.

Tenho também muito orgulho em dizer que cultivei amizades sinceras. E cada amiga, com seu jeitinho, me ensina algo novo a cada dia. Algumas mais próximas, outras mais distantes. Porém, todas com um lugar garantido no meu coração.

O tempo passa depressa. Como profissional, já atuei em grandes agências de comunicação e publicidade, trabalhei como profissional de marketing, já fui empresária e professora universitária. São quase 20 anos de experiências, trocas e aprendizados, que compartilho agora como consultora de marketing. Por quê? Porque chegou a hora de empreender! E dizem por aí que a vida começa aos 40... E que venham mais 40, 50 ou quem sabe até 60 anos pela frente!

Será que estou preparada? Não sei, mas tenho esperança no futuro e vou continuar caminhando com fé, um dia de cada vez.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler conteúdo completo
Indicados para você