[ editar artigo]

De coração empreendedor para coração empreendedor

Por Maithê Lima

PodeROSAS Lindas, o que seria uma boa mensagem/dica/motivação para esse novo ano?

Hoje, no meio de uma avalanche de informação que recebemos todos os dias e com atualizações de face e caixas de e-mail lotadas de mensagens de fim de ano e auto-ajuda, como escolher uma que realmente seja aquilo que precisamos ouvir? Não pense você que sei responder essa pergunta, mas só não quero que você pense que copiei e enviei este texto abaixo e pronto.

Quero que leia sabendo que existe algo muito "eu/meu" nesse texto. Que resolvi traduzi-lo (ou tentei, pelo menos) porque realmente achei que tinha valor. Li e me fez muito bem, muito mais do que qualquer outro. Então compartilho com vocês, com meu desejo sincero de muito AUTO-AMOR nesse ano que está chegando aí.

 

Fonte da Imagem: Empreendedorismo Rosa e Studio8eMeio

*“Este é o final de mais um ano, que não só simboliza o fim de uma coisa como é também o começo de outra”. E como em todos os começos, o melhor é começar de novo com um pouco de introspecção e AUTO-AMOR. É melhor seguir em frente com você mesmo do seu lado ao invés de jogar por outra equipe, como na maioria das vezes fazemos. O melhor é começar de novo com sonhos e esperanças, colocando as nossas perdas para descansar. Então, listo algumas sugestões para esse novo começo:

1. Dê a si mesmo um presente todos os dias.

Você é muito mais digno do que você sabe. Você é impactante e brilhante e pode mudar a vida; sendo que a primeira que você deve mudar é a sua própria. Reconhecer o seu impacto, seus desejos, suas necessidades. Reconhecer sua capacidade de mudança, e, em seguida, exigir essa mudança. Dê algo a você mesma cada dia que simbolize que você tem controle sobre o seu mundo. Acorde para assistir ao nascer do sol. Mime-se com um cookie. Faça você mesma um cartão e o esconda. Vá ver um filme. Alimente-se bem. Sorria sem motivo aparente. Conte seus sucessos, não importa o tamanho que eles tenham. E acima de tudo, lembre-se quão digna é a sua própria felicidade.

2. Perdoe a si mesmo, antes que seja tarde demais.

Queremos ser melhores. Queremos ter sucesso. Queremos superar nossas barreiras. E, às vezes, apesar de nos esforçarmos muito, nós simplesmente não conseguimos tudo aquilo que esperávamos. É necessário reconhecer isso, e, principalmente, perdoar a si mesmo antes que se torne muito difícil de fazer. Eu tive os meus dias de descanso. Dias em que eu assisti TV o dia todo. Dias em que eu não queria sair de casa, nem falar com ninguém. Dias em que eu me sentia inferior a outras pessoas, dias em que eu não me senti capaz de competir, e dias em que eu só precisava de um descanso. E eu percebi este ano que não há problema em não ser a pessoa que você está com o objetivo de ser. Todo mundo precisa recarregar e reiniciar. Não há problema em dar um passo para trás a partir desse burburinho e apenas existir. Perdoe-se agora. Perdoe-se hoje. Permita-se ser feliz. Faça pausas. Seja livre.

3. Você é um trabalho em andamento, ainda que você já possua as ferramentas necessárias.

Duas coisas acontecem com muita frequência, talvez devido a nossa natureza. Uma delas é que sentimos constantemente a necessidade de sermos melhores, e a outra é que nós duvidamos da nossa capacidade para fazê-lo. Lembre-se: ninguém espera que você seja perfeito. Você geralmente é o seu pior crítico. Não há problema nenhum em ser algo menos do que perfeito - é sempre mais interessante, de qualquer maneira. Viver através de seus defeitos. Identificá-los. Tentar crescer. E lembre-se, em meio a essas dores do crescimento, que você tem a capacidade de se corrigir. Você tem todas as ferramentas que você precisa. Ninguém pode dar a você. Você simplesmente tem que procurar aí dentro.

4. Você tem um dom para dar ao mundo. Não guarde para si.

Um grande amigo me disse uma vez (quando eu estava me recusando a liberar uma imagem de cerca de cinco anos atrás) que eu tenho um presente para dar ao mundo e não compartilhá-lo era manter esse presente para mim mesmo. Revirei os olhos. Eu pensei que ele estava sendo ridículo, afinal de contas, eu não sou uma louca narcisista que pensa que minha arte é tão grande. Mas sabe que ele estava certo? E ele não estava falando apenas de mim. Ele estava falando sobre todos. Cada pessoa tem um dom para dar ao mundo. Pode não ser um presente para cada pessoa, mas considere o seguinte: Assim como você tem um dom para dar, há alguém lá fora que precisa recebê-lo, e ele está esperando por isso, consciente ou inconscientemente. Você nunca sabe como vai impactar positivamente a vida de alguém, por isso não mantenha seus presentes só para si mesmo. Eles são demasiadamente preciosos para serem escondidos. Abrace-os. Conheça os seus caprichos. Revele-os. Compartilhe abertamente. Seja generoso. O mundo te espera."

Feliz Natal e um Ano Novo cheio de realizações podeROSAS para vocês!

*Texto de Brooke Shaden, retirado do site: http://www.promotingpassion.com/promoting-passion-week-52-cracked-flawed-and-powerful/ e lido, relido, compreendido, traduzido e compartilhado por nossa mais nova e podeROSA colunista, Maithê Lima.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler conteúdo completo
Indicados para você