[ editar artigo]

Dance Mob em São Paulo

Protesto ritmado ergue São Paulo e outras cidades ao redor do mundo para combater violência contra as mulheres

Fonte da imagem: Divulgação

Inédita no Brasil, a mobilização internacional Um Bilhão Que Se Ergue convida paulistanos para dançar em combate à violência contra as mulheres, no dia 16 de fevereiro. A edição verde-amarela do One Billion Rising, que será promovido em diversas cidades ao redor do mundo, acontece no vão do Museu de Arte de São Paulo (MASP), às 14h.

A iniciativa foi criada pela ativista e autora do livro Monólogos da Vagina, Eve Ensler. Vítima de abuso pelo pai na infância, a norte-americana lidera hoje o movimento V-Day, que oferece apoio às mulheres e promove ações criativas para erradicar a violência. O vídeo de lançamento do Um Bilhão Que Se Ergue tem como premissa uma estatística divulgada pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA). Segundo a agência da ONU, uma a cada três mulheres no planeta serão espancadas, coagidas ao sexo ou abusadas de alguma outra forma ao longo de suas vidas, comumente pelo parceiro ou por algum membro da família.

O filme incita: “Um bilhão de mulheres violadas é uma atrocidade – um bilhão de mulheres dançando é uma revolução”. Milhares de visualizações no YouTube depois e o teaser desencadeava a organização de dezenas de eventos ao redor do mundo, inclusive em São Paulo. A maioria deles acontece no dia 14 de fevereiro, porém a data no Brasil foi adiada para o dia 16 (sábado) após uma votação na rede social Facebook.

A participação é livre para pessoas de todos os gêneros, raças, idades e identidades. E deve ocorrer em forma de flash mob, espécie de manifestação realizada em massa e rapidamente dispersa. “O Um Bilhão Que Se Ergue pretende mostrar ao mundo a nossa força coletiva, os nossos números, a nossa solidariedade além das fronteiras”, explica o site oficial do V-Day, “estamos convidando mulheres e aqueles que as amam para se erguer, dançar e demandar o fim da violência”.

No local do evento, a partir das 12h, serão realizados ensaios da coreografia e também uma oficina de cartazes. Apesar de se caracterizar como um flash mob de dança, as organizadoras atentam que a edição paulistana é também uma oportunidade para ampliar a discussão sobre a violência e para que as pessoas compartilhem as suas histórias. No Brasil, a manifestação também está programada para acontecer em Recife, Curitiba e Brasília.

Para participar ou saber mais sobre Um Bilhão Que Se Ergue em São Paulo, acesse o evento oficial no Facebook.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler conteúdo completo
Indicados para você