[ editar artigo]

Como criar um Plano de Ação contra o coronavírus

Como criar um Plano de Ação contra o coronavírus

Diante de uma crise, como a do coronavírus que estamos vivendo agora, ficar parado não é a melhor solução. E mesmo que a recomendação seja #fiqueemcasa, o melhor conselho é “Tenha um plano de ação, tenha atitudes positivas inovadoras”. Por isso eu te digo que  a proatividade é sua maior aliada em momentos de crise.

Se por um lado você deve manter o isolamento social e  manter-se seguro – e assim protegendo também outras pessoas – por outro, é preciso agir para tomar medidas que minimizem, revertam, criem alternativas e superem aos impactos do coronavírus. Pois é a ação que nos leva à superação de uma crise.

E isto inclui a todos, até mesmo os trabalhadores, empresários, estudantes e pessoas que passavam por situações específicas como recuperação de uma doença ou viagem prolongada, foram pegas de surpresa com o coronavírus. E para todos a recomendação é a mesma: agir.

Porém, precisa ser uma ação ordenada, planejada e sem quebrar as regras das circunstâncias. Neste texto, você vai aprender a como criar um plano de ação objetivo e com foco no que realmente importa. Continue lendo até o fim e aproveite os conteúdos complementares que vou disponibilizar aqui.

Como criar um Plano de Ação frente à crise:

Para te ajudar, veja e use esse modelo de plano de ação abaixo, adaptado por mim e pela minha sócia Paola Tucunduva a partir dos nossos estudos. Ele é simples e útil. Com certeza pode te auxiliar a ter um planejamento estratégico mais produtivo e proativo. 

Pegue aqui o seu bônus! Faça o download gratuito do seu modelo do Plano de Ação.

Este modelo também pode ser visto como uma pirâmide, uma forma de visualizar o fato de que são necessárias bases sólidas e atividades intermediárias para se alcançar o topo.

Em caso de dúvidas, deixe seu comentário ou me envie uma mensagem nas redes sociais e eu terei o maior prazer em te responder.

Meta SMART

Primeiro passo: Defina uma meta SMART

Antes de qualquer coisa, é preciso ter uma meta  específica que esteja ao seu alcance, seja mensurável, atingível, que seja relevante e que tenha um tempo previsto (SMART), ou seja, que vai fazer você atingir aquilo que deseja ou até mesmo superar as suas expectativas. Lembre, a meta tem que ser algo que depende de você!

Segundo passo: Defina os objetivos

A partir da meta principal, estabeleça 3 objetivos. Isso é essencial, pois eles vão garantir que a meta seja alcançada. Se os 3 objetivos forem alcançados, sem exceção, você obterá êxito. São os objetivos que sustentam a meta

Terceiro passo: Defina as atividades

Faça uma lista de todas as atividades ligada a cada objetivo, onde cada atitude é um degrau que te levará ao topo ou destino que é a sua meta. E lembre-se que toda subida é cansativa, não pule ações necessárias porque são pequenas demais ou grandes demais, pois isso pode comprometer no seu trajeto rumo ao objetivo.

Assista à explicação da Pirâmide do Plano de Ação

Se quiser entender melhor, neste vídeo que gravei com Dino Gueno, você encontra um exemplo de como aplicar a planilha em sua empresa ou mesmo em sua vida.

POST ORIGINAL no site do  MARCELO PIMENTA

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler conteúdo completo
Indicados para você