[ editar artigo]

Diferenças entre o cérebro de homens e de mulheres

Por Cristiane Piza

 

As pesquisas científicas sobre diferenças entre os gêneros evoluíram bastante desde os tempos em que se dizia que homens eram de Marte e mulheres de Vênus. Esses são alguns dos achados mais recentes, de acordo com a neuropsiquiatra Louanne Bizzantine, no livro "The Female Brain":

Fonte da Imagem: Google

1. Mulheres e homens sentem raiva da mesma forma, mas a manifestam de formas diferentes. Os homens reagem mais rapidamente e impulsivamente quando sentem raiva; as mulheres ativam o córtex pré-frontal, que é capaz de pensar estrategicamente, e quando a manifestam, fazem de forma mais controlada. Essa reação provavelmente vem da época das cavernas, quando reagir impulsivamente poderia significar atiçar a ira de um macho muito mais forte que ela, colocando em risco sua vida e de sua prole. Atualmente, esse impulso primitivo se manifesta em homens mais explosivos e mulheres mais ponderadas.

2. Por motivos semelhantes, a mulher evita comportamentos que levem a conflito, especialmente o tipo de conflito que pode resultar no fim do relacionamento (ou perda do emprego). Atualmente isso pode levar a uma maior tendência em engolir sapos, jogar a sujeira pra debaixo do tapete e simplesmente não expressar suas ideias, quando elas são diferentes das do grupo, que pode ser prejudicial à performance da equipe. Afinal, como obter os benefícios da diversidade se os membros não expõem suas diferentes visões?

3. Mulheres têm mais "mirror neurons", um tipo de neurônio mais ligado a empatia, o que facilita sua capacidade de inconscientemente identificar os sentimentos dos outros, lendo sinais de linguagem não verbal e replicando-a em seu próprio corpo, o que facilita a integração dos sinais e sua interpretação. Ao replicar, a mulher sente em seu próprio corpo o que o outro sente, uma forma poderosa de empatia. A frente de um homem que tem dificuldade em ler seus próprios sentimentos, ela pode ser capaz de identificá-los melhor do que o próprio o que, às vezes, faz parecer que ela tem a habilidade de ler mentes.

4. Mulheres têm maior capacidade de antecipar sentimentos de dor e medo, o que gera ansiedade. Evolucionariamente, isso vem pela necessidade de planejar com antecedência para evitar situações de perigo a seus filhos, porém, no mundo atual, leva a maior incidência de ansiedade, em um índice até quatro vezes superior ao dos homens.

5. Por outro lado, elas também têm mais facilidade para lidar com sentimentos negativos, como tristeza e dor. O cérebro masculino tende a ter mais dificuldade de lidar com esses estados emocionais no outro,especialmente quando não tem o poder para fazer nada para impedi-los ou alivia-los, como no caso de uma doença grave, ou uma série dificuldade na empresa. As mulheres são capazes de suportar a dor no outro e permanecer presentes, os homens tendem a evitar ou retirar-se da situação.

Saber reconhecer quando um desses fatores está em jogo pode facilitar a interpretação de determinadas reações e evitar mal-entendidos. Porém, é preciso evitar a estereotipação, pois muitas vezes as diferenças individuais são muito maiores do que as diferenças de gênero. Na prática, o importante é prestar atenção às individualidades de cada pessoa da equipe e perceber se as tendências gerais se aplicam ou não a cada uma das pessoas.

 

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler conteúdo completo
Indicados para você