[ editar artigo]

Aumento da Obesidade

Por Jociane Catafesta

A obesidade é uma doença endêmica e o número de pessoas obesas vem aumentando a cada ano. Obviamente que uma das formas diretas de opção para a prevenção é através das dietas. Por que apesar de todo esforço que se faz, não conseguimos resolver este problema? Quando se iniciou este problema e de quem é a culpa?

Quem já não fez ou conhece diversas pessoas que tenham feito algum tipo de dieta? Conhecemos diversas e a cada ano parece que surgem novidades milagrosas e que prometem emagrecimento. Mas o que percebemos, é que muitas destas realmente funcionam somente por um período. Ou seja, a pessoa consegue emagrecer, mas um tempo depois, volta a ter o mesmo peso ou fica mais obesa ainda. Restrição calórica através da não ingestão de proteínas, gorduras ou de carboidratos, fará com que diminua a quantidade de calorias diárias e consequentemente ocorrerá a perda de peso. Entretanto, já que praticamente ninguém consegue viver sem um destes nutrientes pro resto da vida, esta pessoa voltará a ingerir como antes e ganhará novamente peso.

Fonte da imagem: timesunion.com

Segundo pesquisas, estamos ingerindo 11 vezes mais carboidratos do que gorduras se compararmos os últimos 30 anos, e o que continuamos vendo na mídia? “Não coma gordura, se quiser emagrecer”, mas se não são as gorduras que estão aumentando em nossas dietas, de que adianta acreditarmos nesta teoria? E se estamos comendo menos gordura por que o número de obesos aumentou?

Na realidade, o que mudou foi o meio ambiente e a tecnologia na alimentação ao longo dos tempos. Os alimentos industrializados com baixo teor de gordura possuem um gosto muito ruim, então a indústria começou a acrescentar carboidrato em forma Xarope de Milho com alta concentração de Frutose e aí começa o problema. Este elemento é colocado em praticamente todos os alimentos industrializados, inclusive em grande parte dos pães, sucos e molhos. O consumo do Xarope de milho vem crescendo absurdamente e junto com a obesidade. O seu consumo inicial, por volta dos anos 80, era de 15g/dia e hoje é de 72,8g/dia, consumo de 5 vezes mais. Este é um dos grandes responsáveis pela obesidade. Resultado da brincadeira, aquela medida tomada de diminuir a ingestão de gorduras, além de não alcançar seu objetivo de diminuir infarto, ainda deu o “start” na curva da obesidade.

A dica que deixo é que a melhor opção é evitar (ao máximo) o consumo de alimentos industrializados, reduzir esta alimentação “código de barras” e aumentar o consumo de alimentos naturais.

Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa
Empreendedorismo Rosa Seguir

Valorizamos a mulher e todo seu universo pessoal e profissional. Inspiramos pessoas a realizarem ações empreendedoras e intraempreendedoras, contribuindo para um mundo mais inovador e produtivo. Acreditamos que toda mulher pode fazer acontecer!

Ler conteúdo completo
Indicados para você